Principal

Campeonatos

Clubes

Colunas

Espaço do Torcedor

Internacional

Esporte Amador

Vídeos

Contato









"O ponto nos faz dar um passo á frente", diz Dado Cavalcanti após empate fora de casa
Foto: Felipe Oliveira/ECB


a luta contra o rebaixamento, o ficou no empate na noite deste domingo. Jogando fora de casa, contra o Atlético-GO, o Tricolor baiano esbarrou nos mesmos problemas defensivos, na falta de eficiência no ataque e ficou no 1 a 1 com a equipe goiana. Após a partida, o técnico Dado Cavalcanti disse que o Bahia foi superior ao adversário e merecia um melhor resultado. 

"O ponto nos faz dar um passo á frente. Dizer que estou satisfeito com isso não seria a melhor colocação aqui agora. Creio que fizemos mais um bom jogo, acredito também que poderíamos ter vencido a partida. Por isso, é um duplo sentimento, bem ambíguo, porque a gente sabe que as coisas poderiam ter sido melhores. Poderíamos ter vencido a partida, fizemos por onde. Mas méritos também de todos os jogadores, que lutaram até o final. Corremos muito atrás do placar, fomos insistentes. Persistimos muito. Os jogadores foram aguerridos, voluntariosos, se entregaram ao extremo. O empate veio. Espero que seja um empate como um simbolismo, uma mudança de chave, de sair de uma vez por todas desses 28 pontos em que nós estacionamos. E que a gente consiga bons resultados, triunfos pela frente, porque, aí sim, a gente vai conseguir andar mais em busca do nosso objetivo", afirmou.

O treinador também explicou a opção de Ramon ter iniciado a partida no banco de reservas.

"A condição do Ramon, inicialmente, aconteceu por uma troca tática. Eu tinha utilizado quatro homens de meio no jogo passado, Ronaldo, Daniel, Ramon e Ramírez. E fiz uma opção um pouquinho diferente, de usar três homens de meio. Dei preferência para Daniel e Ramírez e, por conta disso, o Ramon não permaneceu nos 11 iniciais", disse.

Por fim, o comandante lamentou ter sofrido um gol no início da partida, mais uma vez, e ter que ir atrás do resultado. 

"Faltou, mais uma vez, aquela tranquilidade do passe final, da última bola. Pesou também, desfavoravelmente, o fato de ter tomado o gol mais uma vez no início do jogo. Mais uma vez, tivemos que correr atrás do resultado. Quando a gente corre atrás, a gente gasta muito mais energia do que o nosso adversário. A gente está muito mais vulnerável, a confiança acaba sendo abalada mais uma vez. Porém, hoje a gente foi um pouco mais agressivo e concentrado para não permitir tantos espaços assim. O adversário não aumentou o placar, nós conseguimos o empate. Faltou muito pouco para a gente voltar a vencer. Creio que, neste andamento, a gente está no caminho certo. Lógico que incomoda demais o fato de a gente não ter vencido. Me incomoda. E não tem ninguém acomodado dentro do vestiário, no grupo de atletas. O tempo está passando, os ajustes estão sendo feitos, as escolhas estão acontecendo, o encaixe está acontecendo. Faltou um pouco de detalhe para a gente definir um jogo favorável para a gente", afirmou Dado.

Com o resultado, o Esquadrão encerrou uma série de 7 rodadas sem pountuar na Série A e subiu uma posição na tabela, mas pode retornar para zona de rebaixamento caso o Vasco pontue contra o Botafogo, em partida disputada logo mais. Agora, os comandados de Dado Cavalcanti retornam a campo no dia 20 de janeiro, contra o Athletico-PR, na Arena Fonte Nova.

 



Fonte: Redação Galáticos Online
Enviar    Imprimir














Desenvolvimento iCamaçari.com
Soluções para internet