Principal

Clubes

Colunas

Espaço do Torcedor

Internacional

Esporte Amador

Vídeos

Contato









Lucas Mugni enaltece o Bahia ao justificar escolha: "É uma realidade"
Foto: Felipe Oliveira/ECB


Contratado para repor a perda de Thaciano, Lucas Mugni foi apresentado nesta quinta-feira (22) pelo Bahia. O argentino, que estava apalavrado com a Chapecoense, explicou a escolha pelo Tricolor ao receber a proposta.

"A verdade é que estava bem encaminhado [com a Chapecoense]. Eu e minha família queríamos voltar ao Brasil, que é um país que gostamos. Tinha o problema da fronteira fechada, não tinha voo. Tentei entrar no Brasil de carro, não podia. Teve um monte de problemas. Lucas [Drubscky, diretor de futebol] me ligou, decidi rapidamente que viria para cá. Com muito respeito, liguei para o treinador da Chapecoense, o Jair, com quem trabalhei, e contei a verdade. Era uma oportunidade muito boa, estou muito feliz de estar aqui, por isso me decidi em vir para cá", disse.

O meia enalteceu o Esquadrão ao justificar. "O Bahia, acho, hoje é uma realidade. Convido para todo mundo vir ver o CT, as condições que oferece, a situação da tabela, o título da Copa do Nordeste. Isso é bom para o jogador. Sempre tento melhorar na minha carreira. O Bahia está no mesmo caminho. Se juntou com o que eu queria da minha vida e o que está acontecendo com o Bahia. É um passo muito bom para mim".

O jogador apontou a experiência adquirida ao longo da carreira como determinante para a definição da sua posição em campo. "Foi determinante como estava indo o futebol. Estava acabando aquele meia, que agora apareceu de novo. Se puxar alguns anos, ninguém jogava mais com aquele meia. Foi uma escolha minha. Ou muda para jogar ou se apega a posição. Isso foi determinante. No clube em que estava eu dizia que jogava onde o treinador precisasse. Assistia aos jogos para ver onde precisava melhorar, evolui muito em defesa, na marcação. Me tornei um jogador de meio-campo. Acho que sou mais completo ainda".

"Gosto de ser o terceiro volante. Até com dois, sendo o segundo volante. Gosto dessa posição. Jogo por fora, mas gosto de voltar para a marcação, ser opção de passe e chegar com espaço na frente. Virei esse jogador. Sei que posso ajudar o time", continuou.

Mugni ainda comentou sobre Thaciano e garantiu estar pronto para substituir o atleta negociado pelo Grêmio ao futebol turco. "Para mim é muito bom. Sei como que ele foi, foi muito bem e foi vendido. Vou mostrar o meu futebol, o que faço. Voltar para marcar, ajudar o time, chegar no ataque, dar assistência e fazer gol. Vou mostrar meu estilo e ajudar com o que tenho. Thaciano foi muito bem, mas já passou. Vou mostrar o que eu posso fazer".

 



Fonte: Redação Galáticos Online/Camaçari Esportes
Enviar    Imprimir














Desenvolvimento iCamaçari.com
Soluções para internet